Inicio
Banff Natl Park
Calico Ghost Town
Carcassone
Carlsbad Caverns
Grand Canyon
Ilhas Gregas
Loch Ness
Mammoth Cave
Canal da Mancha
Monument Valley
Niagara Falls
Painted Desert
Rio Reno
Route 66
Mont Saint Michel
Sequoia Natl Park
Stonehenge

 

 

 


 

 

 

 

Descobrimos Calico no caminho entre Los Angeles e Las Vegas, em pleno deserto de Mojave. Mistura de local histórico, semi esquecida, pouco lembrada, divertida e nostálgica, ela é uma das centenas de lugares referidas pelos americanos como 'Cidades Fantasmas', ou seja, aquelas cidades que já tiveram sua época de glória e esplendor, e que depois, por um motivo ou outro, foram abandonadas.

Diversas cidades americanas surgiram no oeste durante a chamada Corrida do Ouro da California, quando lá foram descobertos ouro e prata. Calico foi um destes lugares, e chegou a ser a maior mina de prata do sul da California. No primeiro ano da Corrida da California, cerca de 250 mil dólares em ouro foram extraídos do solo, uma soma assombrosa para valores da época. No seu auge, Calico teve 3.500 habitantes, uma população considerável levando em conta sua localização, no meio da terra de ninguém do deserto de Mojave, quase na divisa entre os estados da California e Nevada.

   

Calico tinha casas, lojas, escola, corpo de bombeiros, capela e tudo mais, inclusive Chinatown, o seu bairro chinês, onde moravam os 40 trabalhadores chineses da mina que existia nesta cidade. A cidade também tinha, é claro, um saloon, dirigido por uma certa madame De Lill, dama de reputação não muito lisonjeira....

Na verdade, todas estas construções são reconstruções das originais. Ninguém poderia esperar que uma casa construída com madeira, de forma precária, fosse resistir por mais de cem anos. Mesmo assim a restauração de diversos prédios de Calico foi bem feita e visitantes tem a impressão de estar, de fato, visitando uma antiga cidade do velho oeste americano.

 

Não espere encontrar muita beleza natural nesta parte da California. Tudo em volta é um deserto só, uma terra completamente sem atrativos, marrom e seca. Se alguém ainda passa por aqui é apenas devido à proximidade da auto estrada A15, que liga Los Angeles a Las Vegas, e dos dois grandes outlets - malls de ponta de estoque existentes na cidade de Barstow, não muito distante de Calico, e que atraem muita gente, turistas inclusive.

Aventureiros à procura dos lugares perdidos do deserto de Mojave também são visitas freqüentes da cidade. Repare no alto do morro que aparece nesta foto o nome Calico pintado com letras brancas.

 

A própria movimentação turística de Calico não é muito grande. Nas duas vezes que estivemos lá, nunca chegamos a ver na cidade muitos turistas e ficávamos nos perguntando com os estabelecimentos comerciais da cidade conseguiriam sobreviver. 

 

Quando a prata que era extraída da mina de Calico acabou, a cidade foi praticamente condenada à morte. Não havia mais nenhum motivo para alguém continuar morando neste fim de mundo. A cidade foi abandonada, esvaziou e morreu. Ficou esquecida durante muito tempo, até ser novamente redescoberta e transformada num tipo de atração turística ao estilo do velho oeste. Hoje Calico é uma das poucas cidades fantasmas americanas que, pode-se dizer, renasceu. Diversas pessoas visitam a cidade todos os dias, e principalmente aos fins de semana acontecem shows onde artistas encenam duelos em suas ruas empoeiradas. Há também passeios de carroças e outras atividades típicas daquela época.

 

Nos últimos anos Calico conseguiu patrocinadores, interessados em restaurar sua história e explorá-la como atração turística. Suas construções de Calico foram recuperadas, mantendo-se, até onde possível, as características originais. Agora é novamente possível fazer compras na loja de suprimentos, uma refeição no restaurante local, e sentir o clima de estar numa autêntica cidade do velho oeste americano, com a diferença de saber que aquilo não é apenas mais um parque temático artificial, mas sim uma cidade verdadeira, com muitas histórias para contar.

Não conseguimos descobrir até que ponto a reconstrução da cidade é fiel ao projeto original, mesmo assim, o que percebemos é que ela continua, com a construção de novos prédios, estabelecimentos e tentativas de restaurar algumas atrações originais, como um dos acessos à mina de prata.

 

Calico tem também uma casa totalmente construída com garrafas de vidro deitadas, de cor verde. Não se sabe exatamente a origem desta construção, mas é praticamente certo que ela ainda não existia na época de ouro da cidade, e provavelmente foi construída posteriormente como atração turística, ou trazida de algum outro ponto do país e remontada em Calico. De qualquer forma, ela se transformou numa das principias atrações turísticas da cidade.

 

Foto de uma placa indicando a população de Calico ao longo dos últimos anos. Como se pode ver, ela teve um pique por volta de 1887, quando a extração de prata chegou ao auge, sendo que depois foi sendo esvaziada até ser praticamente abandonada. Somente nos últimos anos o interesse pela cidade voltou a crescer, e graças a investimentos feitos por empresas particulares da California, há um movimento para transformar Calico num tipo de parque temático western misturado com local histórico. 

Site Oficial: Calico Ghost Town

 

Turistas vão encontrar até mesmo um pequeno trenzinho percorrendo os arredores. Não espere nada ao estilo Disney, tudo aqui é bem rústico e simples, e, como se pode esperar, com bastante terra e poeira em volta. O número de atrações funcionando no local depende muito da época de sua visita, e quem vier aqui em fins de semana e datas comemorativas, com certeza vai encontrar mais movimento, o que pode ser bom ou não, dependendo de suas preferências.

 

O oeste americano tem uma imensidade de cidades fantasmas, algumas que nem constam dos mapas, outras que constam mas não tem qualquer atrativo, restam apenas escombros. Calico é sem dúvida uma das mais interessantes. Quando passamos por lá já era final da tarde, e poucas pessoas ainda caminhavam pelas ruas. Apenas o vento nos acompanhou todo o tempo, o que tornou nossa visita ainda mais instigante.

A própria localização da cidade, em pleno deserto, rodeada por morros de pedra avermelhada, e com o vento sempre soprando, são um convite a deixar nossa imaginação viajar por aquelas ruas, e nos dão a estranha sensação de que alguém nos espreita por uma janela.

Vídeo: Visitando Calico Ghost Town

Calico fica apenas a duas horas de carro de Los Angeles, três milhas ao largo da auto-estrada I-15, principal ligação de LA com Las Vegas. Se você estiver passando por esta região, preste atenção quando se aproximar de uma cidade chamada Barstow. O acesso até Calico é feito por uma estradinha secundária, que começa 6 milhas depois de Barstow, no sentido de Los Angeles para Las Vegas. É uma visita interessante, e que vale a pena ser feita se você estiver passando por esta região.

 

Além de Calico a California tem diversas outras cidades fantasmas para serem visitadas: Ballarat, Bodie, Cerro Gordo, Coloma, Garlock, Goffs, Goler, Hornitos, Jackson, Gate, Kelso, Leadfield, Ludlow, Mokelumne Hill, Providence, Ragtown, Randsburg e Stedman.